‘Quanto Mais Vida, Melhor!’: Uma viagem fantástica e divertida

Foto dos protagonistas de ‘Quanto Mais Vida, Melhor!
Guilherme (Mateus Solano), Paula (Giovanna Antonelli), Flávia (Valentina Herszage) e Neném (Vladimir Brichta) ganham segunda chance da Morte — Foto: Globo/‘Quanto Mais Vida, Melhor!

Rio de Janeiro. Pós-pandemia. Tijuca, Barra, Leblon. Nesses bairros genuinamente cariocas, vivem e trabalham Neném (Vladimir Brichta), Paula (Giovanna Antonelli), Guilherme (Mateus Solano) e Flávia (Valentina Herszage). Os quatro, que não se conheciam até o dia em que o destino os coloca dentro do mesmo avião, têm as histórias contadas em ‘Quanto Mais Vida, Melhor!’, novela das sete da TV Globo. Após passarem juntos pela insólita experiência de um acidente aéreo e descobrirem que estão no céu, eles ganham da própria Morte (A Maia) uma segunda chance… E como só quem viveu a experiência de encará-la de frente e de forma inesperada sabe, eles retornam à terra loucos para viver o amor de suas vidas, ávidos para realizar sonhos, tentar fazer diferente, consertar o que parecia estar perdido… Sobretudo depois de a Morte advertir que, em um ano, um deles irá fazer sua passagem de forma definitiva.

“A novela é uma comédia romântica. Todos os personagens estão em busca do amor. A trama fala sobre a gente não ter certeza de nada, mas que, num piscar de olhos, tudo pode mudar. Esses quatro são os protagonistas, mas os outros personagens da novela também estão tentando se encontrar e procurando acertar o destino deles”, explica Mauro Wilson, roteirista de seriados e programas de humor que faz sua estreia como autor titular de novelas.

Para narrar esse novelão de encontros e desencontros da forma mais leve e descontraída possível, Allan Fiterman, diretor artístico da obra, lançou mão de diversos recursos e usou a criatividade na linguagem. Semanalmente, os protagonistas vão estrelar clipes musicais em que interpretam a mesma música, cada um com seu problema e em seu respectivo universo. Por diversas vezes, vão aparecer em cena com a tela dividida, para evidenciar o que sentem de forma simultânea. E quando a Morte tiver que aparecer, não será para dar susto em ninguém. Ela virá encarnada na figura de uma mulher linda e sedutora, mas que, graças a recursos de computação gráfica, terá uma superproporção em relação aos pobres mortais. “A aparição dela é uma inspiração no filme ‘Querida, encolhi as crianças’. E nessa novela vamos trabalhar num tripé: drama, comédia e romance. Tem comédia, mas tem muita humanidade, para trazer a emoção para o público. A ideia é, nesse momento, trazer leveza e refresco para os dias árduos”, defende Allan.

‘Quanto Mais Vida, Melhor!’ é um convite a uma viagem por um mundo divertido e lúdico, com estreia prevista para 22 de novembro. A próxima novela das sete é criada e escrita por Mauro Wilson, com direção artística de Allan Fiterman. Escrita com Marcelo Gonçalves, Mariana Torres e Rodrigo Salomão, com direção geral de Pedro Brenelli e direção de Ana Paula Guimarães, Natalia Warth, Dayse Amaral Dias e Bernardo Sá.

‘Quanto Mais Vida, Melhor!’: Um grande (e improvável) encontro

O aeroporto é o ponto de partida de ‘Quando Mais Vida, Melhor!’. Por lá, o destino cruza as vidas de Neném (Vladimir Brichta), Paula (Giovanna Antonelli), Guilherme (Mateus Solano) e Flávia (Valentina Herszage). Por motivos distintos, aleatórios e urgentes, os quatro precisam… Continuar lendo