HIV na terceira idade, guarda parental e multiparentalidade na 4ª temporada de ‘Sob Pressão’

Na quarta temporada de ‘Sob Pressão’, a emergência do ficcional Edith de Magalhães está repleta de histórias de superação e dramas pessoais...

Séries: Sob Pressão:

Na quarta temporada de ‘Sob Pressão’, a emergência do ficcional Edith de Magalhães está repleta de histórias de superação e dramas pessoais, que se intensificam ainda mais diante da rotina caótica do ambiente. Nesta nova leva de episódios, o drama familiar ganha protagonismo e atinge o casal de médicos Carolina (Marjorie Estiano) e Evandro (Julio Andrade), mas também afeta a vida de Vera (Drica Moraes), que enfrenta desafios na reaproximação com o seu filho, Leonardo (João Vitor Silva), com quem havia perdido contato durante um longo período.

Na trama, ao mesmo tempo que tenta recuperar os anos perdidos ao lado da mãe, o rapaz se dedica ao vestibular. A escolha de seguir os passos de Vera e cursar medicina aumentam ainda mais as questões entre os dois. Sem que a mãe saiba, ele faz uso de medicamentos controlados para melhorar a concentração e, consequentemente, os estudos, e o desenrolar dessa história levanta o debate em torno do uso indevido desses remédios e os danos provocados à saúde.

Para o autor Lucas Paraizo, a temporada traz novamente casos inspirados na vida real. “Abrimos a temporada com dois casos emblemáticos: o abandono de pessoas com transtornos mentais e moradores de rua; e outro sobre a fome que é um problema universal. Duas coisas que são reflexo do mundo em que vivemos hoje”, afirma o autor, que destaca ainda a trama envolvendo Dona Maria, personagem de Claudia Di Moura, que chega ao hospital com o neto, ferido por arma de fogo na tentativa de proteger a avó durante um tiroteio. “Dona Maria é uma mulher que não arreda o pé do lado do neto no hospital. Ela representa a fé e a esperança do povo brasileiro. O que a gente quer com ela é justamente dizer para as pessoas não perderem a esperança, pois é isso o que a gente tem hoje”, explica Lucas.

Related Post

A trama envolvendo Dona Maria e seu neto é um dos muitos temas que a série aborda nesta temporada, que destaca ainda assuntos relacionados à deficiência intelectual, HIV na terceira idade, racismo, homofobia, violência urbana, guarda parental, multiparentalidade, entre outros. Para o diretor artístico Andrucha Waddington, a produção é uma crônica contemporânea da saúde pública em tempo real. “Nossos médicos da série passaram pelo especial ‘Plantão Covid’, no qual atuavam no hospital de campanha em um momento em que ainda estávamos tentando entender a doença. Agora, na quarta temporada, eles passam a trabalhar em um hospital referência, mas que não recebe casos de Covid. Então, é uma temporada em que vemos a medicina voltando um pouco ao seu dia a dia, ainda com a pandemia como pano de fundo, mas com foco nas demais doenças e destacando também novos códigos sociais que acreditamos que entrarão na prática de todos”, adianta.

Em cada um dos episódios, sempre em alta voltagem e que abordam as inúmeras ‘doenças sociais’ – essas que levam a grande maioria dos pacientes para os hospitais –, a série conta com importantes nomes das artes cênicas em participações especiais, que ajudam a ampliar o debate e criar ainda mais aproximação com o público. Ary Fontoura, Arlete Salles, Ailton Graça, Grace Passô, Cyria Coentro, João Vitor Silva, Yanna Lavigne, Adriano Garib, Tatiana Tiburcio, entre outros, fazem parte da extensa lista de participações.
Andrucha Waddington ressalta a beleza de poder contar com esses nomes na produção e traduz o sentimento do numeroso elenco que compõe a série. “’Sob Pressão’ nos traz também essa alegria de poder trabalhar com grandes nomes da dramaturgia, mas também com atores desconhecidos do grande público e muito talentosos que a Cibele Santa Cruz, nossa produtora de elenco, traz para a gente e que a gente consegue apresentar ao Brasil”, elogia.

Uma Coprodução da Globo e Conspiração, ‘Sob Pressão’ é escrita por Lucas Paraizo com Márcio Alemão, André Sirangelo, Pedro Riguetti e Flavio Araujo, com direção artística de Andrucha Waddington e direção de Andrucha, Mini Kerti, Rebeca Diniz, Julio Andrade e Pedro Waddington. Com produção de Isabela Bellenzani (TV Globo) e Mariana Vianna (Conspiração), e direção de gênero de José Luiz Villamarim, a série tem estreia prevista para 12 de agosto e vai ao ar após ‘Império’.

Saiba mais

Programação de filmes na TV aberta

Estreias de inéditos na Netflix no mês de agosto/2021

Estreias da semana na Netflix

Estreias e novidades no Globoplay

Futebol ao vivo na TV

Resumos de todas as novelas

Filmes da semana na Sessão da Tarde